Tratamento do Câncer

O GTTO orienta o tratamento de pacientes com câncer.

O tratamento clínico do câncer é realizado na área física do GTTO e inclui quimioterapia, hormonioterapia, terapia de alvo biológico, imunoterapia e suporte medicamentoso.

Os tratamentos com cirurgias especializadas e irradiação são conduzidos em ambientes especializados orientados pelo referencial transdisciplinar.

No GTTO, o tratamento medicamentoso do câncer é conduzido por uma equipe multidisciplinar que inclui:

Oncologia Clínica: Médicos especializados na avaliação diagnóstica e tratamento do câncer. O GTTO exige registro da especialidade de todos os seus médicos oncologistas clínicos no Conselho Regional de Medicina (RQE). Os médicos oncologistas atendem todas as necessidades clínicas dos pacientes. Os médicos oncologistas são responsáveis pela prescrição médica, a qual é feita em sistema informatizado do GTTO, garantindo padronização e segurança. Revisões clínicas e laboratoriais periódicas são feitas nos intervalos dos ciclos de tratamento.

Farmácia Clínica: Responsável pela aquisição de materiais e medicamentos, respeitando os critérios de qualidade ditados pela ANVISA. Conhecimento pleno de todos os princípios farmacodinâmicos e farmacocinéticos dos medicamentos padronizados no GTTO. Avaliação crítica da qualidade dos medicamentos, datas de validade, propriedades físicas, registros e rastreabilidade. Controle da qualidade das diluições e estabilidade. Revisão de doses e vias de administração constantes em cada prescrição médica.

Diluição de Medicamentos: Realizada por farmacêuticos especializados sob sistema de fluxo laminar, respeitando todas as normas técnias de proteção profissional e ambiental.

Enfermagem Especializada: Revisão da prescrição médica com checagem de identificação, doses, vias de administração e qualidade física das diluições. Dispensação do tratamento em salas individuais, seguras e confortáveis, gerando o mínimo de stress ao paciente. Criteriosa avaliação dos acessos venosos e princípios de assepcia. Monitorização de sinais vitais e estabilidade clínica do paciente. Controle e registro de reações medicamentosas.

Médicos de Plantão: O GTTO conta com plantão médico permanente durante todos os tratamentos realizados e que atua em interface programada com a enfermagem especializada.